Foto: Marilia Camelo

A exposição “Quando o Vento Sopra”, em cartaz na Pinacoteca do Ceará, foi prorrogada até 5 de fevereiro, mesma data até quando os visitantes também podem conferir a exposição “Cosmopolíticas”, ambas pertencentes ao Fotofestival Solar, sediado em dezembro na Pinacoteca reunindo artistas visuais do Brasil e de várias parte do mundo. Uma terceira exposição do fotofestival, “Negros na Piscina”, também permanece em cartaz até 7 de maio de 2023.

A exposição “Quando o Vento Sopra” – Blowing in the wind – reúne uma coleção de imagens de artistas internacionais e propõe uma reflexão sobre a importância dos sonhos e de seu poder transformador. Com curadoria da artista portuguesa Ângela Berlinde, Blowing in the wind é uma canção escrita por Bob Dylan em 1962, que traz o refrão traduzido pela curadora literalmente como: “a resposta, meu amigo, está soprando no vento”, descrita como “impenetravelmente ambígua: ou a resposta é tão óbvia, ou é tão intangível quanto o vento”. Berlinde é também curadora e professora, doutora em Comunicação Visual e Expressão Plástica pela Universidade do Minho em Portugal com mestrado em Fotografia Digital pela Utrecht School of Arts-Holanda. É co-fundadora do Festival Internacional de Fotografia e Artes Visuais “Encontros da Imagem”.

Mais sobre as exposições

A exposição “Cosmopolíticas” – com curadoria de Pedro David (MG) e João Castilho (MG) -, coloca em diálogo a fotografia e questões em torno da política da natureza em seus mais variados elementos, através dos corpos, das ausências e dos territórios. Cada pessoa, à sua maneira, cria formas específicas para colocar em prática essas composições. A realização é uma parceria com o Foto em Pauta, festival de fotografia de Tiradentes (MG). Foram selecionados 12 participantes, incluindo uma dupla e um coletivo.

A exposição “Negros na Piscina” reúne trabalhos de cerca de 60 artistas brasileiros de diferentes linguagens artísticas e se refere a uma outra paisagem social e afetiva em que corpos pretos, indígenas e travestis, entre outros vários igualmente negros, possam ter direito a trabalho e a descanso. A curadoria é do pesquisador e escritor Moacir dos Anjos e da jornalista, professora e escritora Fabiana Moraes.

Na Pinacoteca do Ceará também está em cartaz a mostra “Bonito para Chover”, um conjunto de três exposições de longa duração de artistas cearenses, dois centenários de pintores reconhecidos nacional e internacionalmente – Antônio Bandeira e Aldemir Martins – e de 170 artistas vivos, que colaboram para a construção da cultura deste estado. Somando as obras das três exposições, a grande mostra apresenta um total de 982 obras no espaço, sendo 759 obras do acervo da Pinacoteca do Ceará e 223 de outras coleções.

O que? Exposição “Quando o Vento Sopra”
Onde? Espaço do Museu Ferroviário na Pinacoteca do Ceará
Quando? Até 5 de fevereiro

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro
Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro

Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

© Copyright 2022 Instituto Mirante. Todos os Direitos Reservados.