A atividade é uma das formações aprovadas no Edital OCUPA MIS, que selecionou diversas propostas que ocorrerão no Museu nos próximos meses

Foto: Deivyson Teixeira

O Museu da Imagem e do Som do Ceará (MIS-CE) abriu inscrições para a primeira atividade de formação a acontecer a partir das propostas selecionadas no Edital Ocupa MIS, lançado em julho deste ano. O curso “Processos curatoriais em videoperformance” a ser ministrado por Waldirio Castro e Eduardo Bruno, está com inscrições abertas até 13 de novembro, no Formulário de Inscrição. A participação é gratuita. O MIS integra a Rede Pública de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, com gestão parceira do Instituto Mirante.

As aulas acontecerão de 16 a 19 e de 22 a 26 de novembro, das 17h às 20h30, na Sala Multiuso (andar -1 do anexo do MIS). Como pré-requisitos, os participantes devem ser maiores de 18 anos, terem concluído o ensino médio e terem experiência artística e/ou em curadoria. São ofertadas 20 vagas e a política afirmativa do MIS reserva 20% das vagas para pessoas autodeclaradas pretas, pardas, indígenas, quilombolas; 10% para pessoas autodeclaradas travestis, transexuais e transgêneras e 10% para pessoas com deficiência.

Processos curatoriais em videoperformance

O curso tem por objetivo construir e debater, de modo teórico-prático, processos curatoriais referentes às produções em videoperformance. Por meio da construção de uma cartografia de trabalhos de videoperformances realizados sobretudo no Norte/Nordeste brasileiro, América Latina e nos processos de curadoria já realizados anteriormente, pretende-se discutir de que modo a curadoria pode ser um agente ativo na relação com os artistas para a elaboração de uma exposição e como ela também pode ser lida enquanto um exercício de composição poética. Serão realizados debates coletivos, mediados por bibliografias pré-disponibilizadas, principalmente sobre o questões da performance, videoperformance e da curadoria contemporânea. Ao final, partindo de uma investigação coletiva, será desenvolvido um projeto curatorial coletivo de videoperformance tomando como espaço de exposição o Museu da Imagem e do Som do Ceará, como instrumento pedagógico de exercício curatorial.

Sobre Waldírio Castro

Artista, pesquisador e curador. É especialista em Semiótica pela UECE e atualmente integra o Mestrado em Artes PPGARTES-UFC e a Licenciatura em Artes Visuais na UNINTER. Formado no Curso Técnico em Dança do Porto Iracema das Artes, é integrante do Coletivo WE e do NUEP (Núcleo de estudos da performance). Participou da curadoria do Sistema Aberto I e II (2019,2020) na Galeria Sem título – Fortaleza-CE e da mostra Imaginários Queer que ocorreu no Museu de belas Arte de Xativa – Espanha. Na performance, seu último trabalho foi a instalação-performática “Desbatismo” apresentada para a abertura do MUSEARI QUEER ART de 2022 em Valência- Espanha. Tem interesse nas pesquisas em arte de modo expandido e adisciplinar.

Sobre Eduardo Bruno

Artista, pesquisador, curador e professor. Doutorando em Artes – ICA/UFPA, mestre em Artes – ECA/USP, especialista em Semiótica – UECE, graduado em Lic. em Teatro – IFCE. Tem experiência na área de Artes com ênfase em arte contemporânea, performance, intervenção urbana e curadoria. É autor dos livros: “Nomadismo Urbano: Performance e Cartografia” e “O que é performance:31 programas performáticos para confundir a pergunta”, além de capítulos em livros com temáticas relacionadas à arte contemporânea e arte urbana. Integrante do Grupo EmFoco, atualmente faz parte do Coletivo WE e do Núcleo de Estudos da Performance e do Coletivo Aparecidos Políticos. É curador do Festival Imaginário Urbanos (desde 2018); é um dos editores chefes da coleção bibliográfica Imaginários; foi curador da Mostra Sistema Aberto (2019 e 2020); foi professor substituto do curso de Lic. em Teatro – UFC (2020-2022); e foi curador da mostra internacional Imaginários Queer realiza em parceria com o Museari Queer Art em Valência- Espanha (2022).

SERVIÇO:
MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
Endereço: Av. Barão de Studart, 410. Meireles.

Curso: Processos curatoriais em videoperformance
Com Waldirio Castro e Eduardo Bruno

Data: 16 a 19 e de 22 a 26 de novembro
Horário: 17h às 20h30
Local: Sala Multiuso (andar -1 do anexo do MIS).

Inscrições abertas até 13 de novembro, no Formulário de Inscrição. Gratuito.

Pré-requisitos: os participantes devem ser maiores de 18 anos, terem concluído o ensino médio e terem experiência artística e/ou em curadoria.

Vagas: 20. A política afirmativa do MIS reserva 20% das vagas para pessoas autodeclaradas pretas, pardas, indígenas, quilombolas; 10% para pessoas autodeclaradas travestis, transexuais e transgêneras e 10% para pessoas com deficiência.

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro
Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro

Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

© Copyright 2022 Instituto Mirante. Todos os Direitos Reservados.