O Museu da Imagem e do Som do Ceará (MIS-CE) oferece nesta semana (28/09 a 01/10) uma programação diversificada com nova exposição temporária na praça, seminário sobre gastronomia e cultura alimentar, aula aberta sobre objetos religiosos e sagrados nos museus e um evento dançante associado a projeções fotográficas, além das três exposições abertas. O Museu funciona geralmente de quinta a domingo, porém, em virtude das eleições, nesta semana estará aberto de quinta a sábado, fechando excepcionalmente no domingo (02/10). O horário de funcionamento é das 13h às 20h, com acesso às exposições até às 19h30. Toda a programação é gratuita. O MIS integra a Rede Pública de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult Ceará), com gestão em parceria com o Instituto Mirante.

Bailô no MIS – Som, imagem e corpo

O evento “Bailô no MIS – Som, imagem e corpo” será realizado nesta quinta-feira (29/09), das 17hs às 19h30, na Praça do MIS. Na ocasião, será feita uma alusão aos bailes de dança, com a presença do Dj Desnorteado, tocando um repertório dançante, em diálogo com o Acervo do MIS. Forró, lambada, bachata e carimbó são algumas das sonoridades que se pode esperar da festa. Na fachada do Anexo do MIS, serão exibidas 122 fotografias de 31 autoras e autores cearenses que vêm fotografando as mais diversas danças, reunidas através de uma convocatória.

Sobre Yan Belém
Natural de Belém, e desnorteado, como é comum no seu tempo, o dj paraense propõe viagens sonoras através de suas pesquisas sobre as musicalidades dos trópicos e sons dos tambores rurais dos brasis de dentro. O ex-integrante da Banda Amazônia Sons atualmente se dedica à produção musical e difusão da música brasileira em flerte com os sons tradicionais de outras terras e mares distantes.

V Seminário Interfaces – Sagrada Cozinha – Cozinhas do Sagrado
Nesta edição, cujo tema é “Sagrada Cozinha! / Cozinhas do Sagrado”, o V Seminário Interfaces trata de travessias entre o campo da gastronomia e aquele da cultura alimentar. Nele o sagrado acha-se nas raízes do ato de cozinhar, tanto na esfera religiosa, quanto na devoção ao universo mundano do exercício profissional. O evento pretende avançar na cooperação entre a UECE e a Université Lumière Lyon 2. O V Interfaces ocorrerá de 28/09 a 01/10, em diversos espaços. A programação que acontecerá no MIS será o debate “Mães de Lyon”: mito ou realidade?”, com Vincent Aubelle, Christian Bourillot e mediação de Roberto Araújo. A fala acontece no sábado (1/10), às 14h, no auditório. Logo em seguida, às 15h, no mesmo espaço, acontece o encerramento com a fala “Balanço e perspectivas socioantropológicas da relação entre Sagrado e Alimentação”, com Jorge Santiago e Kadma Marques. A programação é aberta ao público.

Aula aberta: “Respeita nosso sagrado: memórias de uma coleção”

Na aula, a ser conduzida por Pamela de Oliveira Pereira com mediação de Guilherme Marcondes, serão abordadas questões sobre a lida de objetos religiosos e sagrados nos museus a partir de perspectivas da museologia social e de práticas colaborativas, apresentando como estudo de caso a coleção “Nosso sagrado”, formada a partir de apreensões policiais em terreiros de umbanda e candomblé ao longo do século XX. Aberta ao público, a fala acontece no sábado (01/10), das 18h30 às 20h, no auditório.

Pâmela de Oliveira
Museóloga com atuação em organização e gestão de acervos e membro do Comitê para o desenvolvimento de coleções/ Conselho internacional de museus (COMCOL/ICOM). Doutoranda em Memória Social, com pesquisa sobre as tensões geradas pela presença de objetos religiosos e sagrados nos museus. Integrante do Observatório do Patrimônio Religioso fluminense (Unirio). Yawô de Oxum do Ilê Omolu e Oxum.

Guilherme Marcondes
Pós-doutorando (PNPD/CAPES) no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Estadual do Ceará (PPGS/UECE). Doutor e mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGSA/UFRJ). Graduado em Ciências Sociais (bacharelado e licenciatura) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Suas pesquisas cruzam a sociologia da arte com a sociologia das relações étnico-raciais.

Nova exposição temporária: Bicicletarte

O MIS recebe a 1ª edição do BicicletArte. Unindo a arte urbana e o uso de bicicleta como meio de estimular a prática de hábitos saudáveis à população, o Instituto Unimed Fortaleza, com patrocínio da Unimed Fortaleza e por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, lança a ação que faz parte do movimento Saúde na Cidade. O projeto promove intervenções artísticas em bicicletas e estações que compõem o sistema de mobilidade de Fortaleza, o “Bicicletar”. A iniciativa proporcionou a pintura artística de 30 bicicletas com o intuito de ampliar ainda mais a vivência cultural e criar relação entre a cidade e a mobilidade urbana. Foram selecionados/as 10 artistas locais para a pintura, através de uma convocatória que contou com a curadoria do Acidum Project: Amanda Nunes/Crimes Passionais, Alexsandra Ribeiro, Concha Arte, Jr. Zapata, Jyubee, Marta Brizeno, Miguel Naturê, Neto Sousa, Pirata Hemfil e Rafael Limaverde. A exposição permanece até 16/10, na Praça do MIS, aberta 24h (é possível visitar mesmo quando o museu está fechado).

Exposições seguem abertas

E o MIS segue com suas três exposições abertas, nesta semana excepcionalmente de quinta a sábado (fechará no domingo devido às eleições), das 13h às 20h (com acesso até 19h30).

“Ontem choveu no futuro” é uma instalação concebida pelo artista Batman Zavareze, na sala imersiva (andar -2 do anexo), com projeções que se expandem para todas as superfícies da sala (paredes e chão), mergulhando o público em imagens e sons.

“Leocácio Ferreira – Todos juntos, vamos…!”, com curadoria de Rosely Nakagawa, oferece um passeio pela obra deste fotógrafo que atuou no Ceará nas décadas de 1960-1970 e construiu sua própria câmera panorâmica. Fica no andar +2 do anexo.

E a “Laboratório dos Sentidos”, no casarão do MIS, é uma exposição interativa que oferece vários equipamentos para os visitantes manipularem e experimentarem conceitos relacionados à imagem e ao som.

Para acessar as exposições, é necessário apresentar documento de identificação com foto. Conforme decreto vigente, recomenda-se o uso de máscara de proteção.

Acompanhe a programação do MIS e veja mais informações no site: mis-ce.org.br.

SERVIÇO:
MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
Endereço: Av. Barão de Studart, 410. Meireles.
Funcionamento: quinta a sábado*, 13h às 20h (acesso até 19h30)
*Em virtude das eleições, excepcionalmente neste domingo (02/10) o MIS estará fechado.
Entrada: gratuita.

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL:

Evento “Bailô no MIS”
Com DJ Desnorteado + projeção de fotos de dança
Data: 29 de setembro (quinta-feira)
Horário: 17h – 19h30
Local: Praça do MIS
Acesso gratuito.

V Seminário Interfaces – Sagrada Cozinha – Cozinhas do Sagrado
Data: 1º de outubro (sábado)
Horário: 14h – 17h30
Local: Auditório
Acesso gratuito.

Aula aberta: “Respeita nosso sagrado: memórias de uma coleção”
Com Pamela de Oliveira Pereira e Guilherme Marcondes
Data: 1º de outubro (sábado)
Horário: 18h30 – 20h
Local: Auditório
Acesso gratuito.

Exposição Bicicletarte
Data: 27/09 a 16/10
Horário: aberta 24h.
Local: Praça do MIS
Acesso gratuito.

EXPOSIÇÕES:

Abertas de quinta a sábado.*
*Em virtude das eleições, excepcionalmente neste domingo (02/10) o MIS estará fechado.
Horário: 13h às 20h (acesso até 19h30)
Acesso gratuito.

Laboratório dos Sentidos
Local: casarão do MIS

Ontem choveu no futuro
Local: anexo, andar -2

Leocácio Ferreira – Todos juntos, vamos…!
Local: anexo, andar +2

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro
Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro

Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

© Copyright 2022 Instituto Mirante. Todos os Direitos Reservados.