O MIS recebe programação do Fotofestival Solar e concerto especial de Natal com a Camerata de Cordas da UFC

O Museu da Imagem e do Som do Ceará promove neste final de semana (9 a 11/12) atividades que integram a programação do Fotofestival Solar e recebe um concerto especial de Natal com a Camerata de Cordas da UFC (Universidade Federal do Ceará). Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público. Para visitar os espaços, recomenda-se o uso de máscaras e o esquema vacinal completo contra a Covid-19, incluindo as doses de reforço. O MIS integra a Rede Pública de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, com gestão parceira do Instituto Mirante.

Fotofestival Solar

O MIS recebe nos dias 9 (sexta-feira) e 11 (domingo) de dezembro atividades que fazem parte do Fotofestival Solar 2022. O evento teve início na última quarta (7/12) e segue até domingo (11/12), com vasta programação acontecendo na Estação das Artes, na Pinacoteca do Ceará, no Centro de Design e no MIS, equipamentos da Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará, geridos em parceria com o Instituto Mirante.

No dia 9 (sexta-feira), às 19h, na Praça do MIS, será realizada a mesa “O que nos dizem as imagens”, com Simonetta Persichetti e mediação de Silas de Paula. A partir da afirmação do filósofo e escritor Peter Burke de que a fotografia traz para a história o conhecimento do cotidiano, das experiências das pessoas comuns, irá se pensar a contemporaneidade no fluxo entre idolatria e iconoclastia para procurar compreender as relações sociais criadas pelas imagens.

Às 20h30, acontece o lançamento de dois livros. “História da Fotografia no Ceará do Século XX – 1900 a 1930”, com a presença do autor Ary Bezerra Leite, e “Luciano Carneiro – Fotojornalismo e reportagem – 1942 a 1959”, com conversa entre Sérgio Burgi e Marcos Tardin.

“História da Fotografia no Ceará do Século XX – 1900 a 1930”, de Ary Bezerra Leite, busca rastrear o caminho transcorrido desde o surgimento do daguerreotipo à moderna fotografia. O livro é o primeiro volume sobre o desenvolvimento da fotografia cearense no século XX, focando as três primeiras décadas, na linha de transformações na tecnologia e no mercado. O impacto de inovações nos procedimentos e equipamentos fotográficos, a popularização da Kodak e o crescimento do amadorismo, a introdução dos cartões postais fotográficos no Brasil e sua valiosa contribuição para a iconografia cearense, são parte desse volume.
“Luciano Carneiro – Fotojornalismo e reportagem – 1942 a 1959” é resultado de uma parceria do Instituto Moreira Salles com a Fundação Demócrito Rocha de Fortaleza e apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará. Em sua breve e profícua carreira como fotojornalista, o cearense Luciano Carneiro (1926-1959) documentou eventos históricos que marcaram a década de 1950. O livro reúne mais de 170 imagens, uma cronologia detalhada da vida do fotógrafo e cerca de 35 reportagens, selecionadas a partir de um total de cerca de quinhentas matérias que publicou em sua carreira nos Diários Associados. O material provém do acervo de Carneiro, sob a guarda do IMS, e dos arquivos da revista O Cruzeiro, hoje parte do acervo do jornal Estado de Minas, que em conjunto reúnem mais de vinte mil imagens de sua autoria.

Às 21h, na sala imersiva (andar -2 do anexo), ocorre a abertura da exposição “Horizontes Desejantes”, com os curadores Alexandre Sequeira, Iana Soares e artistas. A exposição reúne 26 artistas cearenses na forma de um caleidoscópio onde múltiplos pontos de vista se encontram, se confundem e se complementam para, a partir desse conjunto, refletirmos sobre questões como: desejo e alteridade; desejo e intimidade; desejo, corpo, rito e transcendência; desejo, distopia e utopia; desejo e paisagem; desejo e memória; desejo e existência.

No dia 11 (domingo), às 15h, acontece no auditório do MIS o Encontro da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil. Em paralelo, de 15h às 18h, ocorre na praça a Feira da Fotografia e, de 16h às 17h, a palestra “Projeto Vênus: Um olhar para o corpo”, com o fotógrafo Galba Sandras. Toda a programação é gratuita e aberta ao público.

De caráter estruturante, o Fotofestival Solar aposta na difusão da fotografia enquanto linguagem artística, manifestação cultural e campo de pesquisa, e traz também como missão fundamental discutir políticas públicas que a contemplem dentro do panorama das artes no País, em diálogo com diversos campos do conhecimento. O festival está em sua segunda edição, é realizado pelo Instituto da Fotografia (Ifoto) e tem apoio do Instituto Mirante. O patrocínio é do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Secult Ceará).

Concerto Natalino da Camerata de Cordas da UFC

O Concerto Natalino da Camerata de Cordas da UFC traz canções natalinas entre outras peças de repertório tradicional erudito e popular. A apresentação ocorre no dia 10 (sábado), às 17h30, na Praça do MIS. O momento será marcado também pela passagem da Caravana SINOS FUNARTE em Fortaleza, numa parceria do Projeto da Camerata de Cordas da UFC e do projeto SINOS da UFRJ/FUNARTE. Participam da apresentação os seguintes grupos musicais: Camerata de Cordas da UFC, Orquestra de Cordas da UFC, Grupo de Violoncelos da UFC, Escola Livre de Música de Redenção e Sexteto de Cordas da Tapera das Artes.

Novo horário de funcionamento do MIS

Desde 1/12, o Museu da Imagem e do Som expandiu seu horário de funcionamento. De terça a quinta, o MIS abre ao público das 10h às 18h (com acesso às exposições até 17h30), e de sexta a domingo das 13h às 20h (com acesso às exposições até 19h30). Porém, em dias de jogo do Brasil na Copa do Mundo, o Museu fecha na parte da tarde.

Exposições

Além dos eventos, o MIS segue com cinco exposições abertas.

“Laboratório dos Sentidos”, no casarão do MIS, é uma exposição interativa que oferece vários equipamentos para os visitantes manipularem e experimentarem conceitos relacionados à imagem e ao som.

“Leocácio Ferreira – Todos juntos, vamos…!”, com curadoria de Rosely Nakagawa, oferece um passeio pela obra deste fotógrafo que atuou no Ceará nas décadas de 1960-1970 e construiu sua própria câmera panorâmica. Fica no andar +2 do anexo.

“Ontem choveu no futuro” é uma instalação concebida pelo artista Batman Zavareze, na sala imersiva (andar -2 do anexo), com projeções que se expandem para todas as superfícies da sala (paredes e chão), mergulhando o público em imagens e sons.

“Coragem”

A obra é resultado do Ateliê Imersivo “Mestre é quem de repente aprende”, realizado pelo MIS em julho e conduzido pelo artista multimídia Batman Zavareze e equipe, em parceria com o Abstrata – Festival Internacional de Videomapping. A nova exposição é o resultado deste processo de formação e criação colaborativa que reuniu 44 pessoas em 40h/aula de imersão intensa. Participaram artistas cearenses selecionados a partir de uma convocatória, trabalhadores da equipe do MIS e de outros equipamentos do Instituto Mirante.

SERVIÇO:

MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
Endereço: Av. Barão de Studart, 410. Meireles.
Funcionamento:
Terça a quinta: 10h às 18h, com acesso às exposições até 17h30.
Sexta a domingo: 13h às 20h, com acesso às exposições até 19h30.

Entrada: gratuita.

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL:

– Mesa “O que nos dizem as imagens”, com Simonetta Persichetti e Silas de Paula

Data: 09/12
Horário: 19h
Local: Praça do MIS

– Lançamento dos livros “História da Fotografia no Ceará do Século XX – 1900 a 1930”, com a presença do autor Ary Bezerra Leite, e “Luciano Carneiro – Fotojornalismo e reportagem – 1942 a 1959” com conversa entre Sérgio Burgi e Marcos Tardin

Data: 09/12
Horário: 20h30
Local: Praça do MIS

– Abertura da exposição “Horizontes Desejantes” com os curadores Alexandre Sequeira, Iana Soares e artistas.

Data: 09/12
Horário: 21h
Local: sala imersiva do MIS (andar -2 do anexo)

– Concerto Natalino da Camerata de Cordas da UFC

Data: 10/12
Horário: 17h30
Local: Praça do MIS

– Feira da Fotografia

Data: 11/12
Horário: 15h às 18h
Local: Praça do MIS

– Palestra “Projeto Vênus: Um olhar para o corpo”, com o fotógrafo Galba Sandras

Data: 11/12
Horário: 16h
Local: Praça do MIS

– Encontro da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil.

Data: 11/12
Horário: 15h
Local: Auditório do MIS

EXPOSIÇÕES:

Laboratório dos Sentidos
Local: casarão do MIS
Funcionamento:
Terça a quinta: 10h às 18h, com acesso até 17h30.
Sexta a domingo: 13h às 20h, com acesso até 19h30.

Leocácio Ferreira – Todos juntos, vamos…!
Local: anexo, andar +2
Funcionamento:
Terça a quinta: 10h às 18h, com acesso até 17h30.
Sexta a domingo: 13h às 20h, com acesso até 19h30.

Ontem choveu no futuro
Local: anexo, andar -2
Funcionamento:
Terça a quinta: 10h às 17h.
Sexta a domingo: 13h às 19h.

Coragem
Local: anexo, andar -2
Funcionamento:
Terça a quinta: 17h, com acesso até 17h30.
Sexta a domingo: 19h, com acesso até 19h30.

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro
Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

Endereço

Rua das Amélias, nº 1234 – Bairro

Fortaleza – Ceará

Contato

Receba nossas novidades

© Copyright 2022 Instituto Mirante. Todos os Direitos Reservados.